Autor
Marlene Suano ; Michael Haag
Editora
Zahar
Assunto
Psicologia
Ano
2018
Páginas
336
ISBN-13
9788537817391
E-ISBN
9788537817483
Edição

Maria Madalena

da bíblia ao Código Da Vinci: companheira de Jesus, deusa, prostituta, ícone feminista
Prostituta arrependida, mulher rica, discípula e companheira de Jesus, adúltera, símbolo da fragilidade das mulheres, objeto de veneração... Quem realmente foi Maria Madalena? Personagem que extrapola os textos religiosos e a própria Igreja, ela continua sendo uma figura fascinante e misteriosa. Seguindo Maria Madalena através dos séculos, o historiador inglês Michael Haag analisa a forma como ela tem sido reinterpretada a cada época - desde os tempos bíblicos até os dias de hoje. O autor busca a verdadeira Maria Madalena no Novo Testamento e nos evangelhos gnósticos (textos apócrifos dos séculos II a IV), onde ela é exaltada como esposa e principal discípula de Cristo. Comparando com sensatez os dois evangelhos, ele investiga por que e de que maneira a Igreja católica preferiu representá-la como uma mulher pecadora, enquanto Maria, mãe de Jesus, foi simbolizada como a Virgem. Avançando no tempo, Haag mostra que, no Renascimento, Maria Madalena se tornou uma deusa da beleza e do amor; e, ao final, apresenta a Madalena moderna: mulher forte e independente que se transformou em ícone feminista. Em linguagem clara e direta, o livro aborda um tema controverso de modo sóbrio, sem buscar polêmicas fáceis - e com isso oferece ao leitor um estudo sério e cativante sobre uma das personagens mais controversas da história.
Tabela de conteúdo
pág. capítulo
1 Sumário
7 Introdução
11 Prólogo: Jesus e Maria Madalena
17 1. A mulher chamada Madalena
29 2. O reino de Deus
53 3. Na estrada com Jesus
71 4. A abominação da desolação
92 5. Dias estranhos em Betânia
115 6. O julgamento e a morte de Jesus
136 7. A tumba vazia
170 8. O desaparecimento de Maria Madalena
195 9. A Madalena gnóstica
229 10. Mudança de papéis: a virgem e a prostituta
251 11. A noiva de Cristo: Madalena dos cátaros
276 12. A fuga da caverna: Madalena renascentista
296 13. Maria Madalena moderna
317 Leituras Complementares
323 Créditos das imagens
327 Índice

GUEST IP: 3.227.208.153 Suporte FAQ
© 2016 Dot.Lib | Todos os direitos reservados | Todos los derechos reservados | All rights reserved dot.lib